Doutor Destino está tentando tirar sua mãe do inferno

A nova série de continuação da Marvel Venom: Protetor Letal II foi repleto de reviravoltas. Porém, o mais surpreendente ainda é o “team-up” de Doutor Destino e Eddie Brock na quarta edição (por David Michelinie, Farid Karami e Paulo Siqueira).


A edição começa com Victor von Doom e Eddie Brock juntos em um carro, discutindo sobre a mãe do primeiro. Outrora uma feiticeira poderosa, sua mãe foi parar no Inferno por sua vaidade. Desde então, Victor visita o Inferno uma vez por ano na véspera do solstício de verão para lutar contra demônios na tentativa de salvá-la de uma eternidade de sofrimento. Infelizmente, os esforços de Doom foram infrutíferos. E, depois de falhar tantas vezes, ele percebe que apesar de quão poderoso ele é, ele ainda é um ser humano que acabará morrendo. Finalmente saindo da negação, ele admite a dura verdade de que está trabalhando com tempo emprestado, tempo que não pode desperdiçar. Como resultado, ele decidiu mudar as coisas e tentar uma estratégia diferente.

Olá Nerd – Comics VÍDEO DO DIAROLE PARA CONTINUAR COM O CONTEÚDO

RELACIONADOS: Por que Venom se tornou a nova obsessão do Doutor Destino

Eddie Brock sendo experimentado pelo Doutor Destino

É aqui que Eddie Brock e o simbionte Venom entram em seu plano. Depois de um pouco de pesquisa e roubar alguns arquivos privados dos super-heróis, o Doutor Destino chegou à conclusão de que os simbiontes poderiam ser imortais “sem influência externa” ou, pelo menos, quase impossíveis de matar. E, devido às incríveis habilidades de Eddie e seu simbionte, Victor acredita que eles poderiam salvar sua mãe de apodrecer no Inferno.


Por que o Doutor Destino finalmente trai Venom

Depois de chegarem ao castelo do Doutor Destino no interior do estado de Nova York, Eddie e Venom são inesperadamente jogados em uma briga. Acontece que essa foi a maneira de Victor testar o par para ver o quão poderosos eles são juntos. Ele até os treina durante a intensa batalha. Quando a árdua batalha chega ao fim, Franz Goddard, um especialista em longevidade que Doom recrutou para seu projeto, entra em cena. Goddard anuncia que estava analisando alguns novos dados e pede desculpas a Eddie, dizendo-lhe que estava sendo forçado a trabalhar para o Doutor Destino.

RELACIONADOS: A nova série Venom da Marvel reconstrói a origem de um aliado do Homem-Aranha – para pior

Embora a declaração de Franz devesse ter sido uma bandeira vermelha clara para Eddie, ele ainda estava interessado em fechar um acordo com Doom. Infelizmente, ele é rapidamente, mas sem surpresa, traído pelo supervilão. Depois de inúmeras experiências dolorosas e tarefas tediosas, Victor arrancou Venom do corpo de Eddie e o amarrou a si mesmo. Ele começa a trancar Eddie em uma cela e o provoca antes que ele e seu novo simbionte sigam para o Inferno, presumivelmente para salvar sua mãe, deixando o destino do hospedeiro original do simbionte Venom desconhecido.

Venom: Protetor Letal II #4 de David Michelinie, Farid Karami e Paulo Siqueira já está à venda pela Marvel Comics.

Fonte: Marvel